Pedagogia

Escola: a faculdade da vida

Hoje, dia 15 de março, é dia de comemorar o dia da escola! Junto com os relacionamentos familiares, a escola exerce um dos papéis mais importantes para o desenvolvimento e bem-estar das crianças. É nela que a grande maioria das crianças aprendem uma diversidade de conhecimentos e competências que vão levar com elas ao longo da vida.

Afinal, as escolas são pequenas representações da sociedade em que vivemos.

Todos os dias os pequenos têm a oportunidade de conhecer outras crianças com diferentes culturas, valores, tipos de criação e personalidade. Essa é uma das coisas mais ricas do convívio escolar: perceber, aceitar e respeitar o que é diferente de nós.

Por meio deste processo, a criança começa a entender seu papel na sociedade e enxergar formas de interagir e aprender junto com os colegas. Os pequenos que iniciam cedo esse convívio possuem mais facilidade para entender e se colocar no lugar do outro, começando a desenvolver a empatia.

A escola é como uma espécie de faculdade para vida, um microcosmo da sociedade. É lá que aprendemos e nos desenvolvemos em todas as dimensões: intelectual, física, emocional, social e cultural. É lá que nos formamos como sujeitos críticos, autônomos e responsáveis conosco, com o outro e com o mundo. E é lá que temos a oportunidade através de brincadeiras, atividades e jogos a nos desenvolver em grupo. E depois levamos essa lição para nosso trabalho, família e amigos. Aprendemos que sozinhos caminhamos, mas juntos podemos ir mais longe!

A escola é o ambiente perfeito para que os professores possam desenvolver as Competências Socioemocionais dos alunos com intencionalidade. Abaixo selecionamos algumas dessas competências/atividades que as crianças devem aprendem na escola e levam para sua vida:

  • Trabalho com as emoções e sentimentos através de oficinas e atividades com análise do conhecimento de si e do outro;
  • Autoconhecimento através de compartilhamento de talentos e atividades direcionadas;
  • Socialização e comunicação onde o aluno constrói parte da identidade de ser e de pertencer ao mundo, assim como se adquire os modelos de aprendizagem através da absorção dos princípios éticos e morais que permeiam a sociedade;
  • Tolerância à frustração muitas vezes é difícil de ser desenvolvida em casa, mas na escola o aluno é obrigado a entender que nem sempre as coisas acontecem do jeito que ele gostaria.;
  • Organização, rotina e disciplina são outras habilidades que a escola ensina os pequenos e que serão fundamentais em sua vida adulta pessoal e profissional.

Assim, a escola é um lugar de possibilidades, de novidades e de vários projetos. Tudo isso contribui para que os alunos possam ser felizes e realizar verdadeiramente seu papel de aprendiz.

Feliz dia da escola!

Tonia Casarin formou-se em Administração pela PUC-Rio, em 2007, e é mestre em Educação pelo Teachers College em Columbia University, em Nova York, Estados Unidos. Já atuou no setor público, como na prefeitura do Rio de Janeiro e no governo do Estado do Rio, e privado. É professora de pós-graduação do Instituto Singularidades de São Paulo, consultora em Educação e trabalha em parceria com Stanford University em projetos de FabLearn Lab, no Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *