Quais as melhores especializações na área de Fisioterapia?

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O profissional de fisioterapia tem ganhado grande relevância social nos últimos anos — por conta da preocupação das pessoas com a qualidade de vida e a longevidade. Isso ampliou a perspectiva de atuação desses profissionais, criando novas possibilidades de trabalho em academias, casas de repouso, empresas públicas e privadas, clínicas, hospitais, clubes esportivos e outros empreendimentos.

Mas, para conseguir a chance de se destacar na carreira, você precisa investir em especializações na área de Fisioterapia. Quer saber a razão? Continue lendo nosso artigo.

Por que fazer uma pós-graduação em Fisioterapia?

A maior demanda por profissionais aumentou, também, o nível de exigência do mercado em relação à qualificação do fisioterapeuta. Para evoluir na carreira e alcançar os melhores cargos e salários, não basta ser graduado. É preciso investir na capacitação constante, por meio de boas especializações.

Vale dizer que existem algumas situações que provam que você precisa de uma pós-graduação. Uma delas é quando você quer e precisa de um aumento, mas não tem muitos argumentos para apresentar ao chefe. O investimento em qualificação demonstra comprometimento com o trabalho, vontade de fazer melhor e capacidade para assumir mais responsabilidades.

Nesses cursos de aperfeiçoamento, o profissional aprimora características como multifuncionalidade, iniciativa, flexibilidade e agilidade — para lidar com diferentes situações cotidianas. Também tem acesso a conhecimentos atuais, práticas recentes de terapia, novos aparelhos, recursos disponíveis e protocolos atualizados de reabilitação de pacientes.

Entre os motivos de fazer especializações na área de Fisioterapia, ainda está a ampliação do networking. Na sala de aula e nos eventos ligados à pós-graduação, o aluno entra em contato com professores experientes e profissionais que atuam em diferentes setores. Essa é uma excelente chance de construir relações importantes para a carreira.

Outro ponto que merece destaque é a troca de experiências, dentro e fora das aulas práticas e teóricas. Isso aumenta o know-how do pós-graduado e o deixa à frente dos concorrentes em processos seletivos. Aliás, a especialização pode fazer a diferença numa prova de títulos e garantir sua aprovação em concursos públicos.

Se você ainda tem dúvidas sobre pós-graduação ou não sabe se o melhor para você é MBA ou especialização , não se preocupe. Em nosso blog você encontra materiais completos e bem informativos sobre esses assuntos. Dê uma olhada lá depois de terminar este artigo.

Quais são as melhores especializações na área de Fisioterapia?

Confira detalhes a respeito das especializações mais procuradas no campo da Fisioterapia e escolha a que mais se encaixa no seu perfil profissional.

Fisioterapia em Dermatofuncional e Cosmetologia

É uma das especialidades mais promissoras hoje em dia, devido aos avanços na área da estética, às novas tecnologias voltadas para esse setor e à crescente demanda por procedimentos eficientes. A Fisioterapia Dermatofuncional visa tratar problemas que afetam a pele de maneira direta ou indireta.

O curso forma profissionais aptos para diagnosticar as principais disfunções dermatológicas e seus sintomas clínicos. Os especialistas também são capazes de prescrever tratamentos eficazes, que incluem cosméticos e métodos cientificamente embasados.

A matriz curricular inclui disciplinas de:

  • Fisiopatologia endócrina;
  • Distúrbios estéticos e metabólicos;
  • Terapia manual;
  • Drenagem linfática corporal e facial;
  • Novas tecnologias no tratamento da gordura localizada;
  • Pilates aplicado à dermatofuncional;
  • Carboxiterapia e microagulhamento em dermatofuncional;
  • Fisioterapia na cirurgia plástica estética e reparadora.

O profissional pode atuar em clínicas, hospitais, ambulatórios e até mesmo prestando serviços customizados na casa do paciente.

Fisioterapia em Terapia Intensiva

A presença de um fisioterapeuta nas Unidades de Tratamento Intensivo é fundamental, pois atende às das recomendações básicas de todas as UTIs. Quando o profissional é especialista em Terapia Intensiva, sua atuação interdisciplinar torna-se ainda mais visada pelo mercado de trabalho.

O curso de especialização trabalha conhecimentos relacionados, tais como:

  • Biossegurança em terapia intensiva;
  • Fisioterapia nas enfermidades neurológicas, pulmonares, infectocontagiosas e cardiovasculares;
  • Farmacologia aplicada;
  • Assistência ventilatória;
  • Gestão em terapia intensiva.

Isso aprimora o preparo do graduado, tornando-o hábil a trabalhar com pacientes críticos e equipes multidisciplinares. Atuando no sistema de plantões, o especialista em Terapia Intensiva consegue obter ótima remuneração, graças à crescente demanda do mercado.

Fisioterapia Neonatal e Pediátrica

O mercado de trabalho para quem possui essa pós-graduação está em constante crescimento e oferece um bom retorno financeiro.  A Fisioterapia Neonatal e Pediátrica exige que o profissional seja especializado na área, pois trabalha enfoques terapêuticos específicos, voltados para a recuperação e o desenvolvimento saudável de crianças ou recém-nascidos.

As práticas adotadas pelo especialista visam adequar a função respiratória, estimular e preservar a atividade neurológica, favorecer o fluxo sanguíneo, promover o fortalecimento muscular, corrigir e prevenir alterações musculoesqueléticas e reduzir o tempo de internação.

É uma área que demanda sensibilidade, dedicação e capacidade para trabalhar em equipes multidisciplinares. Durante o curso, o aluno estuda os conceitos de:

  • Anátomo-fisiologia funcional, neonatal e pediátrica
  • Fisioterapia em nefrologia
  • Oncologia e queimaduras infantis.

Além disso, realiza atividades práticas, aprende a fazer a avaliação respiratória do neonato, além de conhecer técnicas de fisioterapia aquática em pediatria, equoterapia em pediatria, reabilitação cardíaca em pediatria, estimulação precoce e Método Canguru.

Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Desportiva

A maior parte da assistência prestada por profissionais de Fisioterapia se concentra nos setores de traumatologia, ortopedia e desportiva. Isso significa um mercado de trabalho estável e bastante promissor, que procura por especialistas mais bem preparados a cada dia.

A especialização em Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Desportiva prepara o profissional para atuar na reabilitação de pacientes que apresentam lesões traumatológicas, ortopédicas e desportivas — ligadas a diferentes segmentos corporais. Os tratamentos envolvem técnicas, recursos eficientes e atuais.

Durante o curso, são apresentados conhecimentos como:

  • Fisiologia do exercício;
  • Plasticidade musculoesquelética;
  • Farmacoterapia;
  • Nutrição desportiva;
  • Bandagens funcionais;
  • Terapias manuais na reabilitação de lesões traumato-ortopédicas e desportivas;
  • Estabilização segmentar na reabilitação de lesões traumato-ortopédicas e desportivas;
  • Reabilitação de fraturas.

Se você quer obter destaque no mercado de trabalho e uma renda mais alta, buscar uma especialização é o primeiro passo para atingir esses objetivos. Lembre-se de levar consigo uma boa dose de determinação e dedicação para alcançar o sucesso na carreira.

Agora que você já conhece quais são as melhores especializações na área de Fisioterapia, diga-nos qual delas mais chamou sua atenção. Deixe seu comentário no campo abaixo. Vale compartilhar expectativas, contar experiências e até fazer perguntas.

Fonte: Ana Flávia da Fonseca para o blog UNIPE

Você também vai gostar de:

Deixe um comentário

Selecionados Para Você

Enfoque analítico sobre túnel do carpo

Ocupando lugar de destaque nas estatísticas de doenças do trabalho registradas pela Previdência Social, por entidades de Saúde como Centros de Referências (Cerests), sindicatos e em pesquisas acadêmicas, as chamadas Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (LER/DORT) seguem deixando uma legião de incapacitados e um rastro de dúvidas que vai da própria denominação de metodologias de diagnóstico relativas ao nexo causal com os ambientes laborais.

Leia o artigo completo

 
 

Flavonóides

Flavonóide é o nome dado a um grande grupo de fitoquimicos ou fitonutrientes, que são polifenóis de baixo peso molecular, encontrados em diversas plantas. É encontrado em várias frutas e vegetais em geral, assim como em alimentos processados como chá e vinho.

Leia o artigo completo

 
 

Fundamentos de Fisioterapia

O Fisioterapeuta foi considerado durante muito tempo como um técnico ou mesmo um auxiliar médico, completamente submisso a este. E por esse motivo poderia ter um currículo mais simples. Nos E.U. A estes profissionais eram denominados “auxiliares da reconstrução” e muitos foram treinados para irem para a guerra, prestar auxílio. Será essa a única competência do profissional em fisioterapia?

Leia o artigo completo

Últimos Posts

Inscreva-se na Newsletter

Não perca nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades e oportunidade fresquinhas direto no seu email.